Ao continuar a navegar você está a concordar com a utilização de cookies e a Política de Privacidade deste site. Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade.

Publicação Ver mais publicações

O armazenamento de álcool em gel traz riscos para o local de trabalho?

Segurança com álcool gel nas edificações

Com a chegada do COVID-19, houve o aumento do uso de álcool gel - álcool etílico 70%, por grande parte das pessoas e das empresas no Mundo todo. Por isso, aproveitamos essa oportunidade para destacar a alteração de risco que isso traz para o ambiente de trabalho, especialmente para os locais onde os frascos são armazenados, antes de serem distribuídos nos pontos onde haverá o consumo final. 

O principal perigo que desejamos abordar, é o fato do álcool gel ser um LÍQUIDO INFLAMÁVEL, aumentando o risco de incêndios e explosões, de modo que é recomendável aumentarem também as medidas de PREVENÇÃO, entre outras, no tocante a estrutura e segurança dos locais de armazenagem, mas também ao conhecimento e treinamento, em especial das pessoas que armazenam e manipulam o álcool gel, assim como de todos os ocupantes da planta, além das equipes de primeira resposta profissional e voluntária.

Cabe destacar que as empresas responsáveis pela operação com produto (armazenamento e distribuição) são responsáveis por treinar seus colaboradores e fornecer as medidas de proteção coletiva e individual necessárias para um trabalho seguro.

No Brasil a SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO COM INFLAMÁVEIS E COMBUSTÍVEIS é tratada pela Norma Regulamentadora NR 20, do Ministério do Trabalho, onde são dispostas as medidas de controle para fabricação, manipulação, transporte, armazenamento e disposição dos produtos; porém as quantidades máximas permitidas para armazenagem de líquidos inflamáveis e combustíveis podem variar de uma edificação para outra, de modo que são identificadas nas respectivas Notas Técnicas específicas dos Corpos de Bombeiros de cada estado. 

Desta forma, recomendamos sempre que uma edificação pretenda alterar o uso de qualquer espaço (inclusive para armazenamento de produtos diversos), em relação ao projeto de incêndio originalmente aprovado pelo Corpo de Bombeiros, faz-se necessário convocar o Engenheiro de Segurança responsável pela elaboração e implantação do seu projeto de incêndio, para que ele faça uma nova Análise de Riscos e te apresente as medidas de controle cabíveis, além da necessidade de se atualizar ou não o projeto de incêndio original.

Vamos combater o COVID-19 mas com segurança!

Everton Alves e Ricardo Zamith - BRASIL RESGATE | LAZABRASIL

#brasilresgate